Inversão de valores

Terceira ministração - Pastor Alexandre Rodrigues

Ainda na manhã do sábado, 26/05, aconteceu a ministração do pastor Alexandre Rodrigues.

No decorrer de nossas vidas somos marcados por inúmeros acontecimentos. Como por exemplo, aprender a andar de bicicleta, o nosso primeiro dia de aula, o primeiro emprego, o primeiro amor, o casamento e várias outras experiências impossíveis de serem descritas neste texto.

Mas a melhor experiência de todas deve ser o dia de nossas conversões. Esse dia torna-se marcante para todos que creem em Deus e no Seu filho Jesus. Pois foi o dia que fomos arrancados do lamaçal e resgatados de uma vida cheia de morte! Através desta grande experiência, Deus faz com que sejamos um testemunho vivo do Seu amor todos os dias. Se não tivermos isso firme em nós, teremos tudo, menos a presença de Deus.

Efésios 2 revela para a igreja que Deus não faz acepção de pessoas, sendo assim, nós como igreja também não devemos fazer. O sacrifício de morte, trouxe vida para todos!

Mas, qual valor temos dado à Cristo e à essa experiência?

Ao chegar os dias de Pentecostes, todos estavam reunidos no mesmo lugar. De repetente, veio do Céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. E apareceram umas línguas como de fogo, distribuídas entre eles, e sobre cada um pousou uma. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem. (Atos 2:1-4)

Os Apóstolos foram chamados por Jesus para serem testemunhas de Seu amor e sacrifício. Quantos de nós estamos dispostos a nos sacrificar por Cristo e pelo evangelho do Senhor?

Cristo sacrificou-se para a remissão dos nossos pecados para que fossemos salvos.

A colheita está pronta para acontecer, mas, os trabalhadores não podem permanecer de braços cruzados. O tempo da colheita é agora!

Mateus 15: 21-23, nos relata que Jesus veio ao mundo e sacrificou-se em favor dos pobres e aflitos. E seus seguidores incomodaram-se com a mulher que clamava por socorro. Mas, os mesmos, mais tarde pregaram o evangelho de Jesus, cheios do Espírito Santo.

Sendo assim, nós como igreja, quando cheios da presença do Senhor devemos levar a salvação aos que precisam, a libertação aos cativos e o amor aos perdidos. Sem fazer acepção de pessoas!

Pois são essas pessoas que Deus está à procura, pessoas incendiadas e cheias do Espírito Santo!

Recommended Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Pastor Anderson PinheiroPastor Rogério Moura